Governador Flávio Dino é vacinado

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), divulgou ontem, 1º, que já tomou sua primeira dose de vacina contra a Covid-19.

O governador tem 53 anos, público que, pelo calendário da Prefeitura de São Luís, foi vacinado na segunda-feira, 31.

“Alcançada a minha idade, tomei agora a vacina contra o coronavírus”, escreveu ele.

O governador, contudo, não se dirigiu a nenhum posto da prefeitura para receber seu imunizante. Vacinou-se no Palácio dos Leões.

Segundo dia de mutirão vacina mais de 12 mil

Segue alta a capacidade de vacinação da Prefeitura de São Luis com o mutirão iniciado nesta semana.

Depois de vacinar 11,2 mil na segunda-feira, 31, o Município atingiu novo recorde.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), ontem 1º, foram aplicadas 12,2 mil doses de imunizantes em moradores da cidade.

A meta, segundo o titular da Semus, Joel Nunes Júnior, é chegar a 15 mil doses/dia.

Por falta de doses, Semus reprograma aplicação da CoronaVac em SLZ

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) anunciou na noite de ontem, 5, que precisou reprogramar a aplicação da segunda dose da vacina chinesa CoronaVac para quem seria imunizado entre hoje, 6, e sábado, 8.

A mudança no calendário deve-se ao atraso na envio de insumos da China, o que prejudicou a entrega de doses do imunizante ao Butantan e ao Ministério da Saúde.

“Assim, seguindo a recomendação do Ministério da Saúde, a SEMUS reprogramou a aplicação de segundas doses de Coronavac agendadas entre 6 e 8 de maio para o dia 13 de maio, dentro do prazo de 28 dias para o ciclo de imunização sugerido pelo fabricante”, diz uma nota oficial da Semus.

O cronograma de vacinação com AstraZeneca e Pfizer, por outro lado, segue normalmente, tanto para a primeira, quanto para segunda dose.