Dino sobre ataque gordofóbico de Bolsonaro: ‘Sem tempo para molecagens’

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), respondeu no Twitter ao ataque gordofóbico disparado contra ele pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), durante evento em Açailândia, no interior do estado.

“Bolsonaro anda preocupado com o meu peso, algo bem estranho e dispensável. Tenho ótima saúde física e mental. E estou ocupado com vacinas, pessoas doentes, medidas sociais, coisas sérias. Trabalho muito. Não tenho tempo para molecagens, cercadinhos e passeios com dinheiro público”, disse o comunista.

Ele reagia a uma fala do presidente chamando o maranhense de “gordinho ditador”.

“Lá na Coreia do Sul [do Norte, na verdade] tem uma ditadura, o ditador não é um gordinho? Na Venezuela, também uma ditadura, não é um gordinho lá o ditador? E quem é o gordinho ditador aqui do Maranhão?”, disse Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *