Dino quer que Bolsonaro fale com a China por insumos de vacina

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), manifestou-se no Twitter, na manhã desta terça-feira, 11, pedindo que o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (sem partido), interceda com a China pela liberação de insumos para a produção da CoronaVac.

Segundo o Butantan, há retenção de matéria prima pelos chineses – notadamente após uma série de ataques proferidos pelo presidente brasileiros contra o governo chinês nas redes sociais. O instituto diz que, sem o material, a vacinação dos brasileiros pode ficar comprometida a partir de julho.

“É urgente que o presidente do Brasil telefone para o presidente da China a fim de destravar os insumos para que o Butantan produza mais vacinas. Cada dia de demora custa milhares de vidas. Chega de falar bobagens e de negligência”, escreveu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *