Brandão, Flávio Dino, Zé Reinaldo

Enfim, e já com atraso, um gesto pragmático do governador Flávio Dino (PC do B) em direção a um apoio amplo e irrestrito à candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSDB). Esse encontro anunciado entre Flávio Dino, José Reinaldo e Brandão, não mais às sombras, entre outras mensagens, sinaliza que o jogo de esconde-esconde acabou, até porque todos os contendores já estão de cabeças e rabos de fora. A essa altura do campeonato, não há mais jogadas ensaiadas que o adversário não saiba. Brandão quer a sapiência e a popularidade do governador Flávio Dino e mais a experiência de quem sabe como conduzir a máquina a seu favor, a exemplo de Zé Reinaldo. O senador Weverton Rocha (PDT), fiel à sua estratégia de pressão, vai usar cada vez mais a tática de marcação alta, confiante na disciplina e ambição de títulos de seus apoiadores prontos para qualquer bola dividida. Como se trata, ainda, de uma semifinal, em outra arena, Roberto Rocha e Roseana esperam o resultado dessa briga intestina de muitos gols contra no campo governista. E, para quem, de fato, quer ganhar o jogo, não custa lembrar: bola na trave não altera o placar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *